Assistência Social

TV DIGITAL E O PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA Destaque

As famílias inscritas no Cadastro Único com renda per capita de até meio salário mínimo ou três salários mínimos de renda familiar total, receberão o kit com caixa conversora e antena de recepção para adaptar as televisões não digital. O Ministério das Comunicações e a Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) são os responsáveis na esfera federal por esta ação.
 
O sinal analógico de TV será desligado gradualmente no Brasil.
 
As famílias do Programa Bolsa Família (PBF) e famílias de baixa renda inscritas no Cadastro Único deverão ligar pela central telefônica 147 ou pelo site: sejadigital.com.br/kit para pedir informações e agendar o recebimento.

Após o agendamento é gerado um protocolo e é informado a data e horário que a família deve se dirigir aos correios para o recebimento. Para a geração do protocolo se faz necessário o número do NIS ou CPF.
 
A previsão de entrega dos kits para o Ceará é 26/05/2017.
 
O site: sejadigital.com.br/kit é de uma associação sem fins lucrativos que é responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão aberta no Brasil.
 
Precisamos ter no município estratégias para a disseminação de informações junto a população público-alvo da ação.
 
A associação Seja Digital também deve manter contato com o município com relação as estratégias adotadas para este fim.